• 26 ABR 19
    • 1
    Bursite do Cotovelo

    Bursite do Cotovelo

    A Bursite do Cotovelo (ou Olecraniana, ou do Olécrano) é a inflamação de uma pequena bolsa de fluído localizada na ponta do cotovelo. A Bursa é um “saco” feito de um tecido fino e escorregadio, e são preenchidas por uma pequena quantidade de líquido para diminuir o atrito. Bursas são encontradas em vários locais do corpo, sempre quando é necessário lubrificação e proteção de estruturas anatômicas.

    116823en

    A Bursa do Cotovelo se localiza em sua ponta, permitindo os movimentos de flexão e extensão, sem haver atrito do osso com a pele. A Bursite Olecraniana é a inflamação desta bursa. Esta irritação e inflamação pode ocorrer de várias formas (trauma direto como queda, processo insidioso em pessoas que apoiam durante o trabalho ou atividades, irritações crônicas, infecção, etc).

    bursite

    A Bursite do Cotovelo causa dor e inchaço na ponta do cotovelo, dificuldade de apoiar o mesmo, as dores podem se intensificar caso ocorra a infecção da bursite. O exame físico do paciente pode ser suficiente para determinar a presença da doença. Em alguns casos os exames de imagem como Radiografias, Ultrassonografia e Ressonância Magnética podem auxiliar no diagnóstico.

    A Bursite do Cotovelo melhora, na maioria das vezes, sem qualquer tratamento específico. Nos casos em que a reabsorção não ocorre pode-se realizar a drenagem. No quadro crônico, o tratamento visa a diminuição da inflamação, evitar atividades de contato do cotovelo, repouso e até a proteção da ponta do cotovelo. Se houver presença de infecção, o uso de antibióticos e drenagem são necessárias. Quando existe a falha do tratamento conservador, pode-se realizar a retirada da bursa inflamada através de cirurgia.

    af1f37026ffd0e9d

    Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby featherDeixe um Comentário →
  • Postado por GRAZIELA ALMEIDA DA SILVA on 6 de agosto de 2019, 10:54

    Bom dia Dr. Marcio.
    Obrigada pelas informações e ilustrações.
    Na bursite olecraniana, até quando se recomenda o uso de imobilização da articulação?

    Responder →

Deixe um Comentário

Cancelar Comentário

Photostream

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather