• 20 SET 19
    • 0
    Artropatia do Manguito Rotador

    Artropatia do Manguito Rotador

    A Artropatia do Manguito Rotador é um tipo de artrose do ombro, gerada pela lesão crônica e maciça dos tendões que compõe o Manguito Rotador. Ou seja, para que ela ocorra é necessário que exista uma lesão crônica e extensa dos tendões do manguito rotador. Em geral a Artropatia ocorre em pacientes mais idosos, com lesões antigas. Para entender o porque ocorre esta lesão, o porquê dos tendões do manguito rotador gerarem a artrose, é importante que se entenda a função dos tendões. Os tendões do manguito agem para impedir que a cabeça do úmero suba e sofra um atrito com o acrômio, a parte que corresponderia ao teto do ombro, durante a movimentação do braço para cima (elevação ou abdução do ombro).

    Sem título

    Quando há uma lesão grande desses tendões, a cabeça do úmero, que possui uma cartilagem lisa e deslizante, sofrerá um atrito anormal, predispondo esse ombro a desenvolver a artropatia/artrose (desgaste). Não são todos os pacientes com lesão extensa dos tendões que desenvolvem a Artropatia do Manguito Rotador, existem alterações associadas, ainda não muito bem compreendidas, que favorecem o desenvolvimento da Artropatia.

    artrosedoombro01

    O paciente apresenta dores e limitação funcional (perda de movimento e força), em alguns casos podemos ter hematomas e edema no ombro, pelo processo inflamatório. O diagnóstico se inicia com o exame físico do paciente, que mostra as alterações descritas anteriormente, em alguns casos apresentando a chamada “pseudoparalisia do ombro”, limitação de movimento de elevação do ombro. Em seguida lançamos mão dos exames de imagem, onde a Radiografia Simples devem ser o exame inicial, visualizando a Artrose – desgaste do ombro, associado a ascensão da cabeça umeral. A Ultrassonografia serve para mostrar e diagnosticar a lesão existente do Manguito Rotador. A Ressonância Magnética deve ser realizada para a visualização pormenorizada da lesão do Manguito, definindo quais tendões ainda está presentes e o nível de Artrose do Ombro.

    artropatiadomanguito02

    O único método conhecido para se evitar o desenvolvimento da Artropatia é o tratamento adequado das lesões dos tendões do manguito rotador. O tratamento deve ser individualizado de acordo com os sintomas do paciente. Alguns pacientes conseguem se adaptar a Artropatia, apresentando função razoável e pouca dor, nesses casos o tratamento pode ser sintomático (medicações, fisioterapia e eventualmente infiltrações), algumas vezes cirurgias mais simples (artroscopia) melhoram a dor. Outros pacientes apresentam uma limitação grande (a “pseudoparalisia do ombro”), nestes pacientes optamos pela prótese de ombro, específica para a Artropatia do Manguito, conhecida como prótese reversa. A prótese reversa foi projetada para funcionar nos pacientes sem tendões do manguito permitindo a movimentação apenas com músculo deltóide. Os resultados dessa cirurgia são bons e permitem uma melhora importante da dor e função. No entanto, é importante ressaltar que o índice de complicações, como a soltura, é mais alto que as próteses convencionais, por isso sua indicação deve ser bem discutida e os sintomas justificar sua necessidade.

    artropatia_manguito_rotador_4

    Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby featherDeixe um Comentário →

Deixe um Comentário

Cancelar Comentário

Photostream

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather