• 19 MAI 18
    • 0
    Cãibra

    Cãibra

    As Cãibras (ou câimbras, as duas grafias são aceitas na língua portuguesa) são contrações involuntárias dos músculos que costumam surgir após exercício físico (intenso ou longo), refeições e até mesmo durante o sono; provocando dores importantes. Ocorrem mais comumente na panturrilha (batata da perna), mas também atingem abdômen, coxa, pés, mãos e pescoço.

    Existem duas explicações para o aparecimento das cãibras. Na primeira delas, o ácido lático, substância produzida a partir da queima da glicose (combustível do exercício) durante um esforço físico, se acumula em excesso e faz o músculo entrar em fadiga, como consequência disso, ocorrem os espasmos. A segunda explicação está em um desequilíbrio de sais minerais, com atividades longas ou intensas (esse desequilíbrio também pode ocorrer por outros fatores, como desidratação, diabetes, miopatias, etc) o suor faz o organismo eliminar bastante sódio e potássio (cálcio e magnésio também são importantes na causa da cãibra).

    muscle-soreness

    Como o espasmo desaparece sozinho, na maioria das vezes não é preciso procurar o médico. Mas, se o incômodo for constante (se repetir frequentemente) ou tiver uma duração longa (10 minutos ou mais) devemos procurar um especialista. Além disso, se a cãibra não estiver relacionada a nenhuma causa como desidratação ou exercício físico intenso, também é aconselhado consultar um ortopedista para avaliar se existe algum fator importante que pode estar gerando o quadro.

    O melhor tratamento é alongar a área na hora da contração, o alongamento da região estimula a circulação no local e promove a irrigação das veias e a reposição dos nutrientes perdidos, melhorando a dor; além de ajudar a minimizar a dor pela contração muscular excessiva. Felizmente é um quadro temporário, mas no momento da dor não faça um alongamento tão intenso, como fazem os jogadores de futebol, pois há risco de provocar lesões mais graves. A massagem local e compressas mornas podem ajuda no alívio das dores.

    cãibra-2

    A realização de atividades físicas com regularidade e na intensidade adequada; uma alimentação bem equilibrada (mais abaixo falaremos um pouco mais); comer alimentos ricos em potássio, magnésio e cálcio (como banana ou água de coco); beber cerca de 2 litros de água por dia, especialmente durante atividades físicas; evitar a prática de exercícios físicos após as refeições; fazer alongamentos antes e depois do exercício físico, e antes de dormir (em caso de câimbra noturna) pode ajudar na prevenção das cãibras. Nos casos em que a dor é importante e limita a locomoção do paciente pode ser usado medicação analgésica ou anti-inflamatória, além de lançar mão de algumas sessões de fisioterapia.

    images

    A banana é rica em potássio, que é um dos principais minerais responsáveis pelo equilíbrio hidroeletrolítico, é importante o consumo de alimentos ricos em magnésio, potássio, sódio e cálcio de forma equilibrada, para garantir uma ótima contração muscular e diminuir a incidência das cãibras. Entre os alimentos que melhoram os sintomas da cãibra estão: amendoim, abacate, cenoura; amêndoa; Castanhas; etc.

    Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby featherDeixe um Comentário →

Deixe um Comentário

Cancelar Comentário

Photostream

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather