• 03 FEV 17
    • 0
    Cisto de Baker

    Cisto de Baker

    O que é Cisto de Baker?

    Sinônimos: cisto poplíteo, joelho saliente. O cisto de Baker é uma condição em que ocorre acúmulo de líquido articular (chamado também de líquido sinovial) atrás do joelho, formando um cisto. Essa doença está comumente relacionada a algum outro problema nas articulações.

    Causas

    O cisto de Baker é causado por um inchaço no joelho. Esse inchaço ocorre devido a um aumento na quantidade de líquido sinovial – o fluído que lubrifica as articulações. Quando esse líquido se acumula na parte de trás do joelho, num local chamado de bursa poplítea, ele forma um cisto. O cisto de Baker ocorre, geralmente, devido à inflamação da articulação do joelho, um problema comum a vários tipos de artrite, e também a algum tipo de lesão que tenha ocorrido no joelho e que tenha causado danos e desgaste à cartilagem.

    Fatores de risco

    O cisto de Baker está geralmente ligado a outro problema no joelho, como a artrite reumatoide. Qualquer pessoa pode desenvolver um quadro de artrite, embora indivíduos mais velhos, geralmente acima dos 60 anos, tenham mais propensão ao surgimento dessa doença. Isso acontece porque, com o tempo, a articulação do joelho vai ficando cada vez mais gasta, possibilitando a ocorrência de inflamações que levam à artrite.

    Sintomas

    Em alguns casos, um cisto de Baker pode ser assintomático. Muitas pessoas têm esse problema e nem se quer notam. No entanto, outros pacientes apresentam alguns sinais e sintomas, como: inchaço atrás do joelho, dores, rigidez muscular. Os sintomas podem piorar depois da prática de exercícios físicos ou depois de ter ficado muito tempo de pé, com o músculo do joelho estendido ou, ainda, após muito tempo parado em uma mesma posição.

    cisto-de-baker_5511_m

    Diagnóstico e Exames

    Se você sentir dor ou sensação de inchaço atrás do joelho, marque uma consulta para que possa ser determinado a causa exata do mesmo. Embora improvável, uma protuberância atrás do joelho pode ser um sinal de uma doença mais grave, em vez de um cisto de Baker.

    Um cisto de Baker pode muitas vezes ser diagnosticado por meio de um simples exame físico. No entanto, alguns sintomas de cisto de Baker são muito similares a sinais de doenças mais graves, como trombose, aneurisma e/ou tumor. Por isso, o médico pode solicitar alguns exames de imagem não invasivos, incluindo ultrassonografias e exame de ressonância magnética.

    Tratamento

    Muitas vezes, o tratamento não é necessário e o cisto de Baker desaparece por conta própria. Agora, se o cisto for muito grande e causar muita dor, o médico pode utilizar os seguintes tratamentos: Medicamentos, Drenagem do líquido (mais raro), Fisioterapia, etc.

    Doenças relacionadas: Normalmente, porém, os médicos também procuram tratar a causa subjacente ao cisto da Baker, já que muitas vezes ele está relacionado a um quadro de artrite, por exemplo – que exige tratamento.

    Complicações

    Raramente, o cisto de Baker pode levar ao vazamento de fluidos sinoviais na região da panturrilha, causando dor, inchaço maior e vermelhidão. Esses sinais se assemelham aos de um coágulo de sangue em uma veia na perna. Se você manifestar esses sintomas, busque ajuda médica para descartar outras possíveis causas.

    Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby featherDeixe um Comentário →

Deixe um Comentário

Cancelar Comentário

Photostream

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather