• 16 DEZ 16
    • 0
    Condromalácia Patelar

    Condromalácia Patelar

    A condromalácia é um desgaste na cartilagem do joelho que gera dor em sua região anterior, pode variar desde uma inflamação até um desgaste completo (graus de I a IV). Pessoas que sentem dores no joelho ao correr, com a sensação de “agulhadas” podem estar com condromalácia patelar. Também chamada de condropatia patelar  é uma doença que acomete muito frequentemente os joelhos. O termo condromalácia significa  “amolecimento da cartilagem”. Ocorre por um excesso de pressão entre a cartilagem da tróclea femoral e a cartilagem da patela, também chamada de síndrome Femoropatelar. Ela é mais frequente nas mulheres.

    A pressão da patela sobre o fêmur pode chegar a 3 vezes o peso do corpo para subir e descer escadas, por exemplo, e 7 vezes o peso corporal com flexão maior que 90 graus. Em um salto, por exemplo, essa pressão pode ser ainda mais importante. Por isso, exercícios como corrida, agachamento, “leg press”, podem precipitar uma crise dessa doença, pois a pressão sobre a cartilagem da patela pode chegar a 7 x ko peso corporal da pessoa.

    condromalacia-patelar

    SINTOMAS

    O principal sintoma é a dor na face anterior do joelho que piora com os movimentos de flexo extensão ativa. A dor é uma queixa comum ao usar as escadas, pisar na embreagem, abaixar, dor ao levantar depois de ficar muito tempo sentada. Outro sintoma importante é o edema na altura da rótula.

    TRATAMENTO

    O tratamento normalmente é não cirúrgico. Medicação e fisioterapia adequados normalmente são a indicação para a condromalácia. Atualmente existem medicações como o Ácido Hialurônico, que cumpre a função de fazer uma Viscossuplementação no joelho (a famosa “baba” do joelho). A Fisioterapia pode auxiliar, especialmente, no fortalecimento de alguns músculos e de exercícios que enfatizam o alongamento. Músculos fortes permitem que o joelho tenha boa estabilidade, além de tornar atividades muito exigentes para o joelho, relativamente, mais leves.

    lesao-cartilagem2-estagio-intermediario

    DICAS

    Aumento a cadência da corrida, com 10% de aumento diminuimos em 14% a compressão no joelho;  colocar o pé muito para frente, na marcha, com o joelho bem esticado, é uma das coisas que mais machucam o joelho na corrida; o músculo glúteo médio, que fica na lateral do quadril, é o principal estabilizador do joelho; calçados com boa absorção de impacto é fundamental no cuidado das lesões em corredores; movimentar o joelho algumas vezes ao longo do dia costuma minimizar as dores (ficar muito tempo sentado com joelho flexionado causa dores); evitar escadas e sempre dar preferência a subi-las.

    facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby featherDeixe um Comentário →

Deixe um Comentário

Cancelar Comentário

Photostream

facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather