• 23 NOV 18
    • 0
    Dedo em Gatilho

    Dedo em Gatilho

    A tenossinovite estenosante, normalmente conhecida por dedo em gatilho, envolve os tendões e polias dos tendões flexores dos dedos da mão. Os tendões funcionam como longas cordas desde os músculos do antebraço, passando através de túneis, de base óssea e teto de tecido fibroso, até atingirem os dedos. O Dedo em Gatilho é uma inflamação do tendão responsável por flexionar (dobrar) o dedo, que faz com que o dedo afetado permaneça dobrado, e quando se tenta abri-lo causa dor intensa na mão, estendendo-se o mesmo abruptamente, como um gatilho. A inflamação crônica do tendão também pode provocar a formação de um nódulo na base do dedo, que é responsável por um estalido, também parecido com um gatilho.

    dedo-em-gatilho-1

    As causas mais frequentes para o surgimento do dedo em gatilho são a realização de atividades repetitivas com a mãos, o diabetes (nos tipos descontrolados é mais comum) e problemas reumáticos. No entanto, na maioria dos casos, a causa é desconhecida e o diagnóstico é feito através da observação da mão e da realização de exames complementares, como ultrassonografia.

    dedo-em-gatilho-2

    Os sintomas do dedo em gatilho são dor na base dos dedos ou na palma da mão, inchaço (edema) do dedo, travamento ou endurecimento do dedo, dedo dobrado que ao tentar esticar produz um estalido doloroso  e um disparo parecido com um gatilho. Geralmente, estes sintomas são mais intensos durante a manhã, devido à inativadade e aumento do inchaço que pode geralmente acontecer durante a noite. O polegar, o dedo médio e o anelar são os mais afetados, mas pode acontecer em qualquer dedo, sendo mais comum em mulheres.

    Dedo em gatilho

    Em casos leves, o tratamento do dedo em gatilho é feito através da fisioterapia para fortalecer os músculos e manter a mobilidade, aliviando inchaço e dor. Pode ser feito também repouso, o uso de talas imobilizadoras, medicação e compressas geladas.

    Em casos mais graves, em que a dor é muito intensa e dificulta a realização de fisioterapia, o ortopedista pode aplicar uma injeção de cortisona diretamente sobre o nódulo. Este procedimento é simples e rápido, e tem o objetivo de aliviar os sintomas, principalmente a dor.

    dedo-em-gatilho1_86729279_600x600_outside

    Mas em alguns casos a cirurgia para dedo em gatilho é indicada, principalmente quando as outras formas de tratamento não resultam em melhora, sendo feito um pequeno corte na palma da mão liberando o tendão. Depois disso, a recuperação é bastante rápida, podendo-se voltar a realizar atividades leves com a mão em 1 a 2 semanas, segundo orientação do ortopedista.

    de-querv

    O dedo em gatilho em bebê pode ocorrer devido a fatores congênitos ou traumáticos, e quando não é tratado adequadamente podem ocorrer deformidades graves devido à imaturidade dos ossos da criança. O tratamento para estes casos pode ser feito com fisioterapia, massagem e cirurgia após a criança fazer 1 ano. Alguns médicos preferem realizar logo a cirurgia, a mesma é obrigatória quando há bloqueio de movimentos.

    Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby featherDeixe um Comentário →

Deixe um Comentário

Cancelar Comentário

Photostream

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather