• 23 SET 16
    • 0
    Dores na Coluna

    Dores na Coluna

    vertebras

    Uma das queixas mais comuns do dia a dia são as dores nas costas, costuma ser leve e gerar apenas um incômodo, mas também pode se apresentar na forma grave e comprometer a nossa qualidade de vida. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% das pessoas sofrem ou vão sofrer deste problema em algum momento da vida e, como as causas são variadas, o tratamento depende do diagnóstico correto.

    As dores nas costas, podem atingir três regiões diferentes: lombar (acima do quadril), dorsal (no meio das costas) e cervical (transição entre o tronco e a cabeça, ou pescoço). A dor lombar, também chamada de lombalgia, é a que mais afeta as pessoas, perdendo apenas em  número de casos para a dor de cabeça.

    Após os 40 anos de idade a coluna começa a apresentar sinais de envelhecimento, o que é natural (formação de bicos de papagaio, pequenas protusões de disco e degeneração discal, etc). Este envelhecimento pode se acentuar se realizamos atividades de sobrecarga sobre a mesma. Consequentemente, muitos de nossos problemas são resultado de nossas condutas diárias, como carregar peso, postura inadequada, exercícios em excesso e mal realizados, etc. É muito importante uma avaliação da coluna, porque algumas disfunções podem ser mais severas; como artrose mais avançada, hérnia de disco, etc. E sempre devemos lembrar que problemas em outros órgãos podem irradiar para as costas (pedra nos rins, endometriose e infecções na bexiga são alguns deles).

    Diagnóstico precoce e preciso é fundamental para o bom resultado

    Para identificar as causas da dor, em um primeiro momento, é necessário fazer uma investigação para definir localização, frequência e intensidade da dor (através de uma conversa e do exame físico); em seguida o médico lança mão de exames de imagem para a confirmação do diagnóstico.

    Métodos de tratamento

    Quando começa a limitar as atividades diárias do paciente, a dor nas costas passa a ser preocupante, temos que tomar cuidado com o uso abusivo de anti-inflamatórios, pois só mascara a dor e é prejudicial para os rins. A causa da dor deve, idealmente, ser tratada de mameira específica para cada caso, e existem diferentes métodos de tratamento para tanto, desde o não intervencionista, como a fisioterapia, até os intervencionistas minimamente invasivos, como bloqueios; e alguns casos que chegam a indicação cirúrgica.

    Evite sobrecarga

    Uma forma bastante eficaz de prevenir a dor nas costas é a prática de atividades físicas, incluindo musculação. Alguns exercícios fortalecem os músculos da região e de seu entorno, protegendo a lombar em uma espécie de cinta. Manter uma postura adequada no ambiente de trabalho e evitar carregar objetos muito pesados também são medidas importantes.

    O envelhecimento natural sempre ocorre e faz parte da vida, já a dor na coluna depende de nossas atitudes no dia a dia.

    lombar

    Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby featherDeixe um Comentário →

Deixe um Comentário

Cancelar Comentário

Photostream

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather