• 21 DEZ 18
    • 0
    Rizartrose

    Rizartrose

    Rizartrose é o termo dado à artrose (ou osteoartrose) que atinge a articulação da base do polegar, denominada de articulação trapézio-metacarpiana (formada pelo osso trapézio e pela base do primeiro metacarpiano). Articulação em forma de sela, mais instável (permitindo grande amplitude de movimentos, como a oponência, movimento único característico do polegar). Devido a estes fatores ela apresenta uma elevada tendência para o desgaste precoce. Atinge mais as mulheres de média idade e os idosos, em casos que os fatores intrínsecos são preponderantes, não é raro encontrarmos rizartrose bilateral.

    Rizartrose - Artrose do Polegar

    A causa da rizartrose normalmente é desconhecida, mas sabe-se que esta articulação tem uma grande predisposição para desenvolver desgaste precoce. Existem vários fatores: intrínsecos (fatores genéticos que determinam hiperlaxidez ou hipermoblidade), mais comum em mulheres; extrínsecas (uso excessivo); pós-traumáticas (fraturas atingindo a superfície articular, lesões ligamentares e instabilidade).

    A dor é o principal sintoma para esta artrose, e é bastante incapacitante nas atividades do dia a dia. Em situações mais graves, a dor pode surgir em repouso, associada a fraqueza, limitação da mobilidade e deformidade da base do polegar, que agrava-se com os esforços.

    rizartrose

    O diagnóstico desta artrose é baseado nos sintomas e no exame físico, sendo confirmado com exames de imagem. Na maioria das vezes as radiografias são o suficiente. Em poucos casos exames como Tomografia Computadorizada e Ressonância Nuclear Magnética podem ser realizados.

    Rizartrose (1)

    O tratamento nos casos mais iniciais pode consistir do uso de talas de imobilização do polegar e anti-inflamatórios podendo também usar suplementos (glucosamina e condroitina, ou colágeno), o uso de infiltração intra-articular pode ser indicado em casos mais resistentes. Nesses casos iniciais a fisioterapia pode ser associada no auxílio da melhora. Quando o tratamento conservador não surte o efeito desejado, será proposto um tratamento cirúrgico, a remoção completa do osso trapézio (associada à estabilização da articulação trapézio-metacarpiana, com segmento de tendão e interposição de parte deste tendão no local onde estava o osso trapézio, ligamentoplastia de interposição-suspensão); ou então a artroplastia (prótese) da articulação, cada vez mais moderna e com melhores resultados.

    rizartrose (2)

    Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby featherDeixe um Comentário →

Deixe um Comentário

Cancelar Comentário

Photostream

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather